18 Características de um cristão verdadeiro! Final

em 16 agosto 2020




Nesta última parte sobre ser cristão de verdade, vamos traçar algumas características sobre o assunto. Para ser um cristão verdadeiro você deve dotar em sua vida um comportamento parecido ou até mesmo idêntico ao de Cristo, como o apóstolo Paulo diz:

“Sede meus imitadores, como eu o sou de Cristo!” (1 Coríntios 11.1)

Um cristão deve ter sua vida no altar, uma vida de renúncias e de humilhação perante Deus, fazendo sua vontade com amor e devoção, sem preguiça de trabalhar na obra e de forma voluntária sem fazer só por que é uma obrigação sua de cristão, assim não será um fardo para você porque na verdade 
o evangelho de Cristo não é um fardo.


“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mateus 11: 29,30).


A atitude de um cristão deve refletir a Cristo em nós, com atitudes, ações e isso vai muito além de palavras, de legalismos, costumes e tradições, vai além da religiosidade, do fanatismo e do que pensamos ser certo com nossos próprios conceitos baseados no que “achômetro”.


Se você parar para analisar as atitudes de Jesus e olhar para si mesmo, vemos que não passamos de pessoas enganadas com nossas convicções baseadas na opinião alheia, opinião de pessoas que não leem a Bíblia, se apega a coisas sem fundamentos cristãos.


Eu também já fui uma pessoa religiosa que dava mais importância à opinião do homem do que a de Deus, que em hipótese alguma me repreendeu porque uso uma calça, mas me repreende quando tenho atitudes de pecados que entristece seu Espírito Santo.


1 - Ele (a) faz a vontade de Deus


Esse tópico é o primeiro aqui porque está escrito na Bíblia em Mateus 6.33 assim: “Buscai, assim, em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.” Nesta razão, um cristão de verdade ele não se preocupa com as coisas materiais e sim as espirituais, a prioridade dele é a vontade de Deus, é buscar a Deus e toda sua vontade, busca conhecer seus 
planos e quer participar disso.


“A vontade de Deus é esta: a vossa santificação; por isso, afastai-vos da imoralidade sexual.“ (1 Tessalonicenses 4.3)


É imprescindível ler todo capítulo de Tessalonicenses 4 para melhor compreensão do versículo


A vontade de Deus é que vivamos em santidade, que vivamos uma vida pura e saudável, sua vontade é boa, perfeita e agradável (Romanos 12.2).



2 - Ama o Próximo (como Cristo amou)


O cristão deve exercer o amor ao próximo, mesmo que esse próximo seja seu inimigo. Amar quem nos odeia e deseja nossa derrota não é uma tarefa fácil, mas somente o amor é capaz de aplacar o ódio, a fúria e acabar com guerras.


Cristo demonstrou seu amor na cruz por aqueles que lhe odiavam, amou aqueles que o confrontavam e questionavam sua liderança – os fariseus - e até hoje ele demonstra seu amor para com a humanidade, resgatando os que estão perdidos e enviando pessoas para esse resgate.


“Porque Deus amor o mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna.” (João 3.16)

Perceba que o amor é sacrifício, todo aquele que ama de verdade ele sacrifica seu eu, seu ego pelo bem estar do outro (Mateus 5:44).

“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.” (Romanos 12.10).


3 - Tem um coração perdoador


Perdoar quem nos ofendeu, quem nos prejudicou, nos trouxe tristeza, depressão, medo é uma tarefa difícil para qualquer pessoa, e Jesus sabia disso, mas assim como ofendemos ao Pai com nossos pecados nossa rebeldia e Ele nos oferece misericórdia e perdão, devemos perdoar também nossos devedores (Mateus 6.12). 


O perdão dever ser dado de coração até mesmo aqueles que jamais nos pediram, por que seu orgulho e seu ego não deixam ver suas falhas com o próximo; quando perdoamos alguém Deus perdoa nossos pecados, e isso é uma coisa que deve ser buscada em Deus diariamente, o quebrantamento do nosso 
coração para com o outro, também somos pecadores, também necessitamos de perdão.


“Abençoai aos que vos perseguem, abençoai, e não amaldiçoeis.” (Romanos 12.14)


Essa é uma das características que o cristão deve ter. Sabemos que em meio a um crime como um assassinato, estupro ou qualquer outro, causa uma revolta dentro de si e um desejo de vingança, mas aprendi que o cristão verdadeiro deixa nas mãos de Deus, busca sua justiça, a justiça dos homens e 
perdoa, por que a vingança de todas as coisas pertence ao Senhor (Levítico 19.18 e Romanos 12.19).


4 - Obedece a Deus


Uma coisa que o cristão deve ter em seu coração é obediência, ser submisso a Deus, entender que fomos criados para adorá-lo nesta vida e na vindoura. Nossa missão aqui, como seguidores de Cristo é continuar a igreja de Jesus e pregar o evangelho para que toda a criatura tenha a chance de ter sua alma salva da perdição eterna através do Salvador Jesus; Deus diz que a desobediência é como pecado de feitiçaria.


“Porque a rebelião é como pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar.” (1 Samuel 15.23)


O cristão que não obedece a Deus está se rebelando contra seu criador e não poderá reclamar das consequências depois. Conheci muitas pessoas que desobedeceram a Deus e pagaram com a própria vida, e isso também se vê na Bíblia quando Israel desobedecia às leis de Deus eles eram punidos com a morte (Josué 7). O Senhor deseja servos, cristãos obedientes a Ele, sacrifício sem obediência é vão diante do Senhor. Então se você quer ser um verdadeiro cristão - SEJA OBEDIENTE.


5 - Busca Deus em primeiro lugar


Todo ser humano tem a tendência a buscar primeiro as coisas terrenas, bens materiais e esquecemos as coisas de Deus. Buscamos qualificações profissionais, compra de carro, casa e nos preocupamos com o que comer e vestir (Mateus 6.25) e esquecemos-nos de buscar a Deus, entender seus planos ter sua presença constante em nossas vidas.


“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu Reino e sua Justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6.33)


O verdadeiro cristão se preocupa em buscar a Deus, em obedece-lo e fazer sua vontade, com isso Deus supri todas as nossas necessidades. Não façam como muitos que só se achegam a Deus por causa de suas bênçãos e porque desejam serem ricos, riquezas e fama são consequências de uma vida íntima com Deus sem interesse em suas bênçãos.


6 - Busca mudança constante de si mesmo 


Erros, pecados e falhas fazem parte da nossa vida humana desde que Adão e Eva pecaram, mas isso não é desculpa para não buscar perfeição em Deus e mudanças constantes.


“Portanto sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai.” (Mateus 5.48)


Um cristão que é perfeito na presença de Deus, que foge do pecado e busca viver uma vida santa e pura consequentemente seu coração é limpo e não há maldade nele, mesmo diante de suas falhas humanas ainda assim busca em Deus o caminho certo (Mateus 5.8).


7 - Vive a palavra de Deus


Tem-se uma coisa que o mundo está cheio é de pessoas que se dizem cristão, que vive aquele ditado – “Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço.” Esse tipo de pessoa vive no erro, desagrada a Deus e se esconde atrás de uma Bíblia, um terno bonito e um vestido longo, sua vida fede mais que peixe podre e Deus não estão nele; o cristão verdadeiro não vive de mentiras, mas de verdades, verdade da palavra de Deus.


Uma pessoa que deseja ser como Jesus ela vive o que fala, ela aprende de Deus e pratica, e quando se aprende de Deus ela se torna uma pessoa mais amável, menos julgador, mais dependente de Deus, obediente e se torna alguém mais misericordioso e entende que todos nós temos nossos pecados e 
que ninguém está apto a julgar, apenas cada um tem uma maneira diferente de errar, mas que não o torna mais ou menos pecador.


“Quem pratica a fraude não habitará no meu santuário; o mentiroso não permanecerá na minha presença.” (Salmo 101.7)


O Senhor odeia lábios mentirosos (Provérbios 12.22), Ele confere que o cristão fale a verdade, viva a palavra dele na prática (Colossenses 3.9-10). Viver a palavra é praticar, e quem pratica vive a verdade.


8 - Depende de Deus


O cristão autossuficiente não agrada a Deus, cristão que age com sua própria força acha que não precisa de Deus para nada e que só precisa ser qualificado e ter um diploma para que seus objetivos sejam alcançados, mas sabemos que a dependência por Deus faz-nos alguém bem sucedido na vida em todas as áreas, pessoas despreocupadas capaz de enfrentar e suportar as dificuldades mais intensas da vida.


Depender é deixar que o outro decidisse tudo por você, que o outro cuida de você e de suas necessidades; quando o cristão depende de Deus ele demonstra na prática que confia plenamente em Deus e que sua vida está nas mãos dele.


“O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra.” (Salmos 121.2)

“Eu sei, ó SENHOR, que não é do homem o seu caminho; nem do homem que caminha o dirigir os seus passos.” (Jeremias 10.23).


9 - Não tem preguiça


Ter um dia ou outro de indisposição física, mental e emocional é normal, até porque não somos de ferro, chega um momento em que nosso corpo fica esgotado, mas preguiça é outra coisa que já vamos entender a seguir. 


Você já leu o versículo de Provérbios 6.6? Lá diz o seguinte: “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos e sê sábio”. Salomão, com a inspiração de Deus e sua sabedoria escreveu essas palavras. Quanto cristão que você conhece que é preguiçoso, que não trabalha, não estuda, não faz nada de útil na vida? O verdadeiro cristão trabalha sem preguiça, se dedica e faz com 
amor e zelo.


**O preguiçoso é mencionado em provérbios inúmeras vezes, sua falta de iniciativa são condenadas com rigor (Provérbios 26.13). A insensatez dele é evidente em sua falta de previsão para o futuro, ele prefere ao contrário, ficar na cama (Provérbios 6.9-10). Enquanto espera sem fazer nada, as oportunidades se vão e, de repente, a pobreza e as necessidades o esmagam.


A formiga aqui é citada porque ela é um exemplo de trabalho, no reino animal elas trabalham durante todo o verão para quando chegar o inverno elas tem sua casinha feita e alimentos para suportar o inverno. A formiga não tem preguiça e trabalham em equipe, uma ajudando a outra, Salomão manda que aprendemos com esse inseto tão pequeno, mas muito exemplar.


“Nem jamais comemos pão a custa de outrem; pelo contrário, em labor e fadiga, de noite e de dia, trabalhos, a fim de não sermos pesados a nenhum de vós.” (2 Tessalonicenses 3.8)


É imprescindível que leia 2 Tessalonicenses 3:6 ao 13 para melhor compreensão do versículo.


10 - É humilde


Arrogância não combina com Cristianismo. Uma pessoa arrogante é uma pessoa soberba, convencida, imodesta, petulante e entre outros adjetivos. Uma das características de Cristo é a humildade. Jesus mantinha contato com todos, com samaritanos, fariseus, pessoas portadoras de doenças, pessoas de pequenas estaturas como Zaqueu e todos os tipos de gente, hoje muitos 
cristãos não são humildes, ele é racista, preconceituosa e só fala com pessoas que ele mesmo “julga digno de sua presença”.


Ser humilde não significa usar roupas velhas, esfarrapadas com cores desbotadas e furos para tudo quanto é lado, não, ser humilde é ser generoso, não olhar a quem, estar pronto a ajudar e dividir o que tem incluir os excluídos, ele não se gloria em suas obras, mas faz com excelência, ele reconhece suas 
próprias limitações e fraquezas.


“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda. Melhor é ser humilde com os humildes do que repartir o despojo com os soberbos.” (Provérbios 16.18 e 19)

“Antes, ele dá maior graça, pelo que diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” (Tiago 4.6) Leia também 1 Pedro 5.5 – Provérbios 4.34


11 - Honra o nome de Cristo


O cristão verdadeiro, ele honra, respeita e glorifica o nome de Cristo. Dar honras é reconhecer que aquela pessoa merece respeito não apenas pelo mérito, mas pela posição desta pessoa, prestar admiração, consideração especial, é valorizar, dignificar este alguém que se comporta de modo virtuoso e corajoso; Jesus é essa pessoa, Jesus é corajoso, virtuoso e merece ter seu nome 
e sua pessoa honrada.

“Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!” (Romanos 11.36)


Paulo neste versículo enfatiza com louvor do versículo 33 ao 36 honras e reconhecimento da soberania de Deus. E é isso que devemos fazer dar honras a Jesus.


12 - Aprende mais de Deus


O cristão verdadeiro ele tem a preocupação de conhecer mais a Deus e aprender mais dele, e ele faz isso lendo a palavra de Deus. Vejo cristãos hoje batendo no peito que serve a Deus, mas a Bíblia para ele não passa de um livro que deve ser usado apenas para acompanhar a leitura em sua igreja.


A Bíblia é nosso manual de instruções para a vida toda, com ela aprendemos mais de Deus e como fazer a sua vontade, a Bíblia ela jamais deverá ser interpretada de forma literária, assim, retiramos dela toda a sua essência espiritual, vejo que esse é o erro mais crítico no meio cristão.


“Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” 
(Oséias 6.3).


O que não falta por aí são falsos ensinamentos, vãs filosofias deste mundo (Colossenses 2.8). A única verdade que precisamos se encontra na Bíblia, um livro fantástico deixado por Deus para nós (2 Timóteo 3.16), Deus deseja que todos conheçam sua palavra para que sejamos salvos (1 Timóteo 2.4).


Deus quer que obedeçamos suas leis e instruções como a menina de seus olhos (Provérbios 7.2), podemos manter nossa conduta através da Sua palavra (Salmo 119.9), Temos o dever de instruir os mais novos para que eles não se desviem do caminho do Senhor (Provérbios 22.6) e por fim, Deus manda que estudemos ou examinemos as Escrituras porque elas testemunham a respeito de Deus 
(João 5.39).


“Não ameis o mundo e nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele.” (1 João 2.15)


O cristão apegado a tradições e costumes do mundo se torna alguém intolerante e religioso, não pratica os ensinamentos de Cristo. Um país não cristão como o Brasil, que contém uma mistura de religiões, modo liberado das vestimentas, bebedeira, prostituição e algo mais, é um perigo se apegar a essas coisas, devemos nos centrar nos ensinamentos de Jesus e esquecer o que há lá fora, mas isso não nos dá o direito de apontar o dedo na cara de ninguém e sair julgando todo mundo.


“Não julgueis segundo a aparência, e sim pela reta justiça.” (João 7.24)

Jesus deixou bem claro que não devemos ser adeptos as tradições do mundo e amar o que há no mundo, mas também nos exortou que não devemos julgar ninguém, e Paulo diz em Colossenses 2.16 “Ninguém, pois, vos julgue por causa de comida e bebida, ou dia de festa, ou lua nova, ou sábados.” E com essas palavras não preciso dizer mais nada.


13 - Se arrepende


O arrependimento deve fazer parte da vida de um cristão, pois erramos o tempo todo com pensamentos, maus desejos, maus sentimentos, palavras, atitudes e ações. Muitos acham que isso não é necessário, simplesmente pelo fato de acharem que aceitaram Jesus já é santo, enganam-se os que pensam assim, estamos em processo de santificação, ser santo é o estágio máximo e esse estágio será quando Jesus vier e nos transformar para morar com ele na Glória.


Se arrepender é deixar a prática do pecado, do erro e mudar de atitude praticando agora o que é correto. Deus nos chama para o arrependimento, para trocar nossas vestes (ações) sujas pelas vestes santas.


“Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para perdoar os nossos erros e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1.9)


Leia também: Mateus 3.2 | Atos 3.19 | Salmos 51.1-4 | Mateus 3.8 | 2 Crônicas 7.14



14 - Apascenta as ovelhas


Jesus disse que ele é o bom pastor (João 10.11). Uma pessoa com chamado de pastorado ela deve ser exemplo de conduta e de caráter. Apascentar as ovelhas é discipliná-las, ensiná-las com amor e devoção, e sua vida é um exemplo a ser seguido. O líder que não age dessa forma desagrada a 
Deus e escandaliza o nome do Senhor. Deve ter cuidado ao falar, ao exortar para que nenhuma ovelha seja ofendida..

“Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto! – diz o Senhor.” (Jeremias 23.1).


15 - Exerce a fé


A fé é o combustível de todo cristão para continuar firme em Deus em meio às adversidades. Fé é um dom, e infelizmente nem todos tem (1 Coríntios 12.9). Em Mateus 15.21-28 temos o relato da mulher Cananéia, os cananeus eram antigos inimigos dos judeus, um povo perverso que habitava na Terra Prometida por Deus a Abraão. Aquela mulher Cananéia exerceu a fé no Senhor Jesus para a 
cura e libertação de sua filha, com otimismo e segurança ela confiou no Senhor 
Jesus.


A fé tem a função de trazer segurança para o cristão, sua confiança está em Deus e isso inspira os outros que o conhece. O cristão que na primeira dificuldade que passa na vida já murmura e vê lado ruim de tudo, não é otimista, não consegue ver que Deus está no controle de todas as coisas, ele 
não consegue agradar a Deus.


“De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, portanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.” (Hebreus 11.6).


O cristão que não exerce a fé, ele não consegue ter certeza das coisas futuras, convicção do que não se vê (Hebreus 11.1). A fé nos traz um entendimento de que o universo foi formado pela palavra de Deus (Hebreus 11.3), se você não consegue exercer a fé, busca em Deus certamente ele lhe 
dará.


16 - Busca os Frutos do Espírito


Os frutos do Espírito Santo de Deus, são virtudes que nos diferem dos demais humanos no mundo, nos traz a essência de Cristo para nossa vida prática. Mais quais seriam esses frutos do Espírito? Veja em Gálatas 5.22-23.


  • AMOR 
  • BONDADE 
  • ALEGRIA 
  • FIDELIDADE 
  • PAZ DOMÍNIO 
  • PRÓPRIO 
  • LONGANIMIDADE 
  • MANSIDÃO 
  • BENIGNIDADE

Esses são os frutos que o Espírito produz no ser humano, mas para obtê-los é necessário que busquemos em Deus. Paulo diz que contra essas coisas não há lei. Agora vamos conhecer quais são os frutos que a carne produz. Veja o quadro abaixo e confira em Gálatas 5.19-21.



  • PROSTITUIÇÃO 
  • INIMIZADES 
  • DISSENSÕES 
  • IMPUREZA 
  • PORFIAS 
  • FACÇÕES 
  • LASCÍVIA
  • CIÚMES 
  • INVEJAS 
  • IDOLATRIA 
  • IRAS 
  • BEBEDICES 
  • FEITIÇARIA 
  • DISCÓRDIAS 
  • GLUTONARIAS


Paulo ainda acrescenta que a respeito dessas coisas das quais ele declara, não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.Paulo exorta para que nos afastemos dessas práticas carnais para que não sejamos excluídos do reino de Deus. Não é uma lista de “não faça”, mas de “faça”. Quando o cristão anda no Espírito, eles evitam as obras da carne e praticam as coisas do Espírito. Os Frutos do Espírito se refere às virtudes de uma vida santificada, que resulta naturalmente, do andar no Espírito.



17 - Persevera até o fim



O verdadeiro cristão não se deixa se abater com os obstáculos encontrados na sua jornada com Deus.“Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.” (Mateus 24.13). Muitos cristãos quando vem à primeira tribulação, passa por sofrimento, necessidade na vida a primeira coisa que ela faz é desistir, abandona tudo e vai para o mundo; não é fácil perseverar, até mesmo dentro da própria igreja que frequentamos tem pessoas que faz de tudo para nos tirar o foco, nos desviar do caminho, eles perseguem aqueles que servem a Deus em verdade levantando calunias, falsas acusações, se não mantivermos nosso foco em Jesus certamente nos desfalecemos espiritualmente.


Jesus contou em Mateus 13.24-30 uma parábola do Joio e do Trigo, aqui neste relato Jesus estava falando em parábolas ou figuras de linguagem explicando sobre o servo bom e fiel, aquele que finge servir a Deus, mas na verdade não serve; Jesus disse que o joio e o trigo devem crescer junto e será 
separado somente no tempo da colheita.


“Deixai-os crescer juntos até a colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro.” (Mateus 13.30)


A coisa mais difícil na vida cristã é ter que conviver com aquele que é joio, finge ser trigo e não te deixa crescer espiritualmente. Todos nós, é claro, conhecemos muitos assim, precisamos orar a Deus por misericórdia, para que Deus venha tocar no coração dessas pessoas que perdem seu tempo na casa de Deus atrasando a vida dos outros.


Certa vez vi um pastor dizendo que o joio era todo aquele que usava calça, maquiagem, cortava o cabelo e etc., enfim, legalismo puro, falta de entendimento na hora de falar. Pastores assim tem sempre sua igreja vazia.


“Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Apocalipse 2.10 b)




LEIA MAIS CONTEÚDOS COMO ESTES:


O que é ser um cristão de verdade? Parte 1
Conheça os Nove Frutos do Espírito Santo que vão transformar a sua vida!
O adolescente cristão e a internet
5 Passos para buscar a Deus de todo o coração




OI!


Você pode adquirir este artigo em formato de e-book em PDF, basta clicar no link abaixo desta imagem e faça o download gratuitamente.








ATENÇÃO!


Você que está lendo este artigo agora, quero oferecer a você uma série sobre A VIDA DE JESUS com 12 artigos para você ler e compartilhar com seus amigos, família e todas as pessoas que você conhece e que ainda não conhece Jesus e nem O aceitou como seu único e suficiente Salvador. Ficou interessado (a)? Clique nas opções abaixo do banner e leia todos os artigos de graça.




Hey,

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários. E aproveite também para nos seguir nas redes sociais como: Facebook | Instagram | YouTube | Assinar Feed


Foto: Pixabay
Observação: ** Trecho explicativo retirado da Bíblia de Estudo da Mulher João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada –Editora Mundo Cristão – página 790.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós, aqui não aceitamos ofensas, preconceito, palavras de ódio e intolerância. Todos os comentários deverão ter nome identificado. Obrigado Por Comentar!.



Topo