setembro 03, 2017

#5 conceitos sobre arqueologia Bíblica que você precisa saber



Para entender os #5 conceitos sobre arqueologia Bíblica, você precisa saber e entender o significado da palavra arqueologia.

A palavra arqueologia, tem o significado firmado em sua base nas duas palavras gregas que a formam: arkhaios (antigo) e logos (discurso). Arqueologia poderia portanto ser definida como a ciência da antiguidade. Ela tem como objetivo reconstruir civilizações antigas através da escavação e do estudo dos objetos provenientes dessas escavações.

Arqueologia Bíblica é um setor particular dentro da ciência da arqueologia. Esse setor estuda os elementos da Palestina e dos países próximos, que têm alguma referência aos tempos e aos escritos da Bíblia. Para compreender plenamente o objetivo da arqueologia bíblica é necessário entender a arqueologia como método científico e a Bíblia como objeto de investigação.

A arqueologia bíblica é a disciplina que se ocupa da recuperação e investigação científica dos restos materiais de culturas passadas que podem iluminar os períodos e descrições da Bíblia. Usa-se como base de tempo, um amplo período entre o ano 2000 a.C. e 100 d.C..
 Isso se refere a aumentar o conhecimento sobre alguns dados históricos descritos nos relatos bíblicos envolvendo governantes, personagens, batalhas e cidades. Descrever alguns detalhes concretos referidos nos livros bíblicos tais como o Túnel de Ezequias, a piscina de Siloé, o Gólgota, entre outros. Fornecer dados que prestam uma ajuda fundamental aos estudos exegéticos.


 
#5 conceitos sobre arqueologia Bíblica
que você precisa saber
 
 
Listei para você esses conceitos arqueológicos da Bíblia que é importante você conhecer e saber, são conceitos que vão ajudar a entender a Bíblia e suas histórias incríveis.

 
 
 
 
 
 
#1 Arqueologia: 
 
 
 
A arqueologia é uma ciência que estuda o material remanescente das culturas antigas, com o objetivo de fornecer conhecimento em relação aos povos, seus costumes, seus hábitos e sua história com o objetivo que seus estudos sejam compreendidos por completo. A arqueologia bíblica trabalha sempre com fatos, ou seja, verdades que não podem ser contestadas.



 
#2 Datação:



A datação se baseia a partir de matérias encontrados, para isso a datação se baseia através de amostras, que citarei para vocês, são elas:

a) Amostras de escritas
b) Utensílios de uso diário - ex: a cerâmica.
c) Teste de carbono -14.



 
#3 Escavação:



Uma escavação arqueológica, se refere a um local de uma exploração arqueológica que está em andamento, o território onde se desenvolveram as narrativas bíblicas. A conservação de restos também é muito precária. Raramente são encontrados objetos de madeira, de couro ou tecido.

 
 
#4 Estela:
 
 

A estela se refere a uma placa de pedra. A palavra estela provém do termo grego Stela, que significa "pedra erguida" ou "alçada". A palavra entrou no uso comum da arquitetura e da arqueologia para designar objetos em pedra individuais, ou seja, monolíticos, nos quais eram efetuadas esculturas em relevo ou textos. A sua função essencial era veicular um determinado significado simbólico, fosse este funerário, mágico-religioso, territorial, político ou propagandístico, etc.

 

#5 Tell:
 
 

Um tell se refere a uma colina artificial, isso se refere a um resultado de centenas ou ate mesmo milhares de anos, em que camadas de escombros deixados onde as pessoas moravam eram sobre postas umas sobre as outras.
 

Frase: Em todas as minhas perplexidades e angústias, a Bíblia nunca deixou de fornecer luz e vigor. Robert E. Lee.


Hey,
o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários. E aproveite também para nos seguir nas redes sociais como: Facebook | Instagram | Google + | YouTube | Assinar Feed
 

 
Imagens: Google e Pixabay
Fonte de pesquisa: Site A Bíblia, Wikipédia e Enciclopédia de Fatos da Bíblia - Editora Hagnos
Por: Felipe Marques
Frase extraída do livro declarações notáveis a respeito da Bíblia da Associação Evangelística Billy Graham

 

Nenhum comentário:

OUÇA NOSSO PODCAST